Sobre a Camila Quintana - Assessoria de Eventos

A Cerimonialista Camila Quintana é graduada em Comunicação Social - Bacharelado em Relações Públicas pela Unisinos. Concluiu o curso com Distinção com a abordagem do tema "Crise de Imagem de Pessoa Pública" baseado no case de Ibsen Pinheiro, buscando a problemática de soluções de crises e restabelecimento de imagem no mercado. Entre 2008 e 2010 trabalhou na área de Atendimento ao Cliente na empresa Claro assessorando em casos críticos para reversão de imagem da empresa. Posteriormente atuou na Central de Eventos na tradicional Associação Leopoldina Juvenil de Porto Alegre e no Clube do Comércio,junto à Barcelos Gastronomia, tendo ainda passagem como Coordenadora de Eventos no SESC Campestre. Após adquirir amplo conhecimento no âmbito de eventos e atendimento, sentiu necessidade de atender seu cliente de forma personalizada e da forma que acredita ser um evento: "Fazer evento é aproximar pessoas, compartilhar momentos... é encantá-las e fazê-las felizes!" Sejam Bem-Vindos a este mundo de sonhos!

terça-feira, 31 de julho de 2012

As mais diversas opções!

O mercado de Eventos é um mercado que não pára de crescer. Sempre há público para comemorar, celebrar alguma data especial, casar, inaugurar ou divulgar algum produto e serviço.
É um nicho que é bem aproveitado em todos os seus aspectos e detalhes. A terceirização e a variedade de escolhas para todos os serviços e produtos que agregam um evento é enorme. 
Não se faz mais um evento fechado. Não há como fazer orçamentos prévios sem conhecer o perfil do cliente. Evento é muito particular. É desejo. E desejos, cada um tem o seu.
Ajustam-se hoje, as assessorias de acordo com o perfil de cada cliente.
Há clientes que chegam prontos e desejam apenas um norte final para sua festa. Um roteiro ou ainda um breve Cerimonial que é diferente (totalmente diferente) de um roteiro de evento.
Cerimonial é muito mais complexo. É envolvimento em todas as etapas do evento. É consultoria, assessoria, acompanhamento, planejamento de todas as partes. É conhecer o cliente e saber qual o fornecedor ideal para trabalhar com ele. Cerimonial nada tem a ver com decorar. O Cerimonialista tem função muito mais ampla: de coordenar todas as equipes envolvidas na ocasião. Deve, óbvio, ter conhecimento variado: desde cardápio ideal, passando pela decoração, luz, som... até chegar o próprio Cerimonial e Protocolo que enquadram as regras de etiqueta e convivência presentes em cada sociedade.
É essencial que o Cerimonialista detecte até mesmo os desejos mais subjetivos de seus clientes para que possa encaixar os fornecedores ideais.
Sim, afinal, fornecedores também possuem perfis diferentes. Cerimonialistas também, pois não deixamos de ser fornecedores. Assim, a empatia tem que acontecerr. A confiança. É uma relação longa e geralmente lidamos com bastante ansiedade. É normal. É necessário psicologia, flexibilidade para negociação, conhecimento.
O outro tipo de cliente que nos chega é aquele que literalmente não sabe por onde começar ou ainda não tem tempo para se envolver com as minúcias das negociações. Necessita que cada serviço chegue pronto em suas mãos e que apenas decida por eles.
O interessante sempre é que ainda que haja essa confiança, o cliente busque informações sobre os fornecedores envolvidos, em seus sites, blogs, etc. A decisão é sempre do cliente, o cerimonial apenas executa. Isto, não pode ser confundido.
Há ainda clientes que desejam apenas pequenas indicações ou só uma gama de serviços. Não há problema.
O problema é que tenho visto cada vez mais neste mercado, locais/espaços para eventos que já fornecem todos os serviços. Atenção a isto! Cada evento é único. Cada cliente também. Sou contra a padronização: arranjos todos iguais, toalhas sempre as mesmas, fornecedores de luz, som e fotografia obrigatórios.
Cuidado com este tipo de serviço. Minha dica é sempre verificar a especialidade de cada profissional.
Não acredito que você não queira uma festa especial rica com os detalhes escolhidos por você mesmo!