Sobre a Camila Quintana - Assessoria de Eventos

A Cerimonialista Camila Quintana é graduada em Comunicação Social - Bacharelado em Relações Públicas pela Unisinos. Concluiu o curso com Distinção com a abordagem do tema "Crise de Imagem de Pessoa Pública" baseado no case de Ibsen Pinheiro, buscando a problemática de soluções de crises e restabelecimento de imagem no mercado. Entre 2008 e 2010 trabalhou na área de Atendimento ao Cliente na empresa Claro assessorando em casos críticos para reversão de imagem da empresa. Posteriormente atuou na Central de Eventos na tradicional Associação Leopoldina Juvenil de Porto Alegre e no Clube do Comércio,junto à Barcelos Gastronomia, tendo ainda passagem como Coordenadora de Eventos no SESC Campestre. Após adquirir amplo conhecimento no âmbito de eventos e atendimento, sentiu necessidade de atender seu cliente de forma personalizada e da forma que acredita ser um evento: "Fazer evento é aproximar pessoas, compartilhar momentos... é encantá-las e fazê-las felizes!" Sejam Bem-Vindos a este mundo de sonhos!

sábado, 30 de junho de 2012

Tipos de Trajes Femininos

É recomendável que os anfitriões coloquem sempre em seus convites o traje pedido para ocasião, isto, para não gerar desconforto para seus convidados e evitar que seu evento vire um desfile de moda descontrolado, com tendências de várias estações e trajes variados.
Se não houver convite impresso, ainda assim há a necessidade de citar o que deve ser usado e ter na ponta língua o que corresponde ao traje escolhido.

Vamos às opções e às devidas apropriações de cada traje:

- Traje Esporte: trata-se de uma produção mais caprichada, mas simples. É apropriado para um almoço entre amigas, festinhas de criança, batizados, chás da tarde, exposições, happy hour. Eventos sóbrios durante o dia.



- Traje Passeio / Esporte Fino / Tenue de ville: usado em eventos mais formais como almoços executivos/ empresariais/sociais, conferências, vernissages, etc.
Opte por: vestidos, tailleurs,  blusas e calças em tecidos mais elegantes, sapato de salto médio a alto, bolsas de tamanho médio se o evento for diurno, ou em tamanhos menores se for noturno.
Não use: brilho em excesso, decotes profundos e transparência.



- Traje Social/ Passeio Completo: usado em jantares, casamentos, formaturas, aniversários, bodas, coquetéis, concertos.
Opte por: vestidos curtos (pelo joelho) ou longos, saias, blusas, tecidos mais sofisticados, acetinados e com brilho. Os acessórios que acompanham são sapatos altos e bolsa pequena.



- Traje de Gala/ Black-Tie/ Rigor/ Tenue de Soirée: produção com requinte e sofisticação. Usado em bailes de gala, bailes de formatura, casamentos que pedem o traje, premiações, baile de debutantes, eventos especiais.
Opte por: vestidos longos, de tecidos sofisticados com bom caimento, transparências, decotes, estolas, peles, rendas, jóias ou bijouterias sofisticadas, penteados diferenciados, sapatos de salto alto, bolsas pequenas estilo carteira no mesmo estilo do tecido do vestido ou com brilho.


sexta-feira, 22 de junho de 2012

Recepção de Formatura



Depois de alguns anos frequentando os bancos acadêmicos chega o momento da Formatura. Primeiramente a colação de grau. Para este momento se reúne uma comissão de formatura, buscando aqueles colegas que se encontram mais disponíveis para correr atrás dos orçamentos e que tenham maior facilidade de contatos e negociação.
Escolhe-se a produtora que irá produzir a cerimônia, são detalhados os acontecimentos, escolhidos os oradores, professores homenageados, paraninfa... enfim, as demais burocracias pedidas pela Universidade.
Algumas turmas sendo grandes se possibilita a opção pelo baile. Turmas de Medicina e Direito, geralmente são as que mais investem neste sentido, por terem muitos formandos e diminuirem os custos referentes à festa.
Porém, o mais comum é os formandos optarem por recepções individuais ou ainda em conjunto com aqueles "parceiros" mais próximos.
De fato, fazer uma festa em conjunto diminue alguns gastos e faz o evento tornar-se mais divertido, no sentido, de ampliar o número de convidados. Há quem goste de algo mais íntimo, neste sentido, se opta pela recepção individual ou a parceria deve ter o mesmo perfil.
Fazendo a festa em conjunto há que se ter consensos. E sobretudo, muita, mas muita organização. São convidados diferentes, famílias distintas o que envolve algumas decisões bem específicas em relação ao buffet, às bebidas, à decoração e o tipo de música que será executado na festa.
Há ainda que organizar devidamente as mesas, sem nunca esquecer do "R.S.V.P" (explicação em posts anteriores). Organizar a recepção dos convidados, dar a mesma atenção. Não permitir tumulto na hora de servir-se no buffet ou ainda orientar para que no caso de empratados, todos recebam seus pratos em tempos parecidos.
Erro comum é as famílias quererem levar coisas separadas: doces, bebidas, lembrancinhas. O ideal é unificar tudo, pois fica muito constrangedor alertar os convidados que "isso não pode" ou "é do outro formando".
Se a festa for em conjunto. É em conjunto!
Já para as festas individuais, muitas vezes não há a necessidade de um banquete enorme, afinal, a formatura finaliza uma jornada de investimento pesado e muitas vezes tratam-se de jovens que ainda não entraram por completo no mercado de trabalho. Muitas vezes, este não é o momento de ostentar.
Uma pequena recepção para os mais íntimos, hoje em dia se investe muito em finger foods que acabam sendo mais econômicas e são suficientes para a ocasião. Se a escolha pela recepção de formatura for até as 19 horas vale também um coquetel.
Caso a verba ainda esteja curta para as opções acima, vale fazer a recepção num restaurante onde permita a reserva de espaço e indicar aos amigos que "as despesas correm por conta de cada convidado". Neste caso, pode se investir numa rápida e singela ambientação do local para tirar do trivial e ainda após o encontro planejar alguma balada que seja do gosto da maioria.
O que importa é celebrar! A formatura é uma conquista muito particular de um tempo que nos pede muito esforço e abdicações.
Comemorar esta ocasião é celebrar nossa competência, persistência e o futuro!

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Presente de quilate

Anéis de pedras preciosas são presentes desejados pelas mulheres

Os diamantes são os melhores amigos de uma garota, cantava Marilyn Monroe. A lista poderia incluir também esmeraldas e rubis, pedras que encantam as mulheres e figuram no topo da relação de presentes dos sonhos das noivas e debutantes.
Se o preço de um anel vistoso assusta, os benefícios de presentear com um compensam.
- O anel é a jóia que a mulher enxerga sem precisar se olhar no espelho. Presentear uma mulher com um anel também carrega uma gama de significados ocultos - conta Luiz Lichtman, diretor da joalheria Safira.
Entre as opções de pedras, nenhuma bate o diamante. Ele é o mais valioso, o mais vistoso e o mais desejado. As safiras também andam na moda desde o noivado do príncipe William, que pediu a mão de Kate Middleton com o anel de pedra azul cercado de diamantes, que pertenceu à princesa Diana.
A pedra escolhida vai influenciar bastante no valor final do presente. Outros fatores que compõem o preço são a quantidade de metal utilizado (ouro ou prata) e o processo de desenvolvimento da peça. Para comprar um anel que seja certeiro no gosto da nova dona, uma boa dica é observar a forma como ela se veste e as outras jóias que usa. Isso tudo dará  pistas para identificar do que gosta.
- Uma mulher discreta prefere anéis deliccados, com pedras pouco chamativas. Para uma mulher clássica, nada melhor que um anel com pérola. Para as mais ousadas, as pedras brasileiras combinam perfeitamente - explica Luiz Lichtman.
Nos Estados Unidos e Europa os pedidos de casamento tradicionais são feitos com um solitário de diamantes. E a moda lá, começa a pegar por aqui...

* Artigo adaptado do Jornal Zero Hora - Caderno Donna de 13 de maio de 2012

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Dia dos Namorados



Não posso me furtar de um post sobre o Dia dos Namorados!
Esquecendo a questão comercial e capitalista de todas as datas comemorativas, porque não celebrar o amor? Ok, dia de celebrar o amor é todos os dias. Mas vamos perder este azedume e curtir um dia "especial". Você não comemora todos os dias a sua existência? Só por isso não faz aniversário?
Pois é... vamos celebrar... aleatoriamente inventaram que amanhã é dia de ficar agarrado no seu namorado, aproveite!
Imaginem só se tivesse criado a data em que seu marido pudesse sair sem dizer aonde foi, ficar na balada até altas horas sem você... ia ser bem pior, não seria?
Então, ok! Dia 12 de junho - Dia dos Namorados!
Dia de fazer as pazes, de abraçar, de dizer "Eu te amo" e sentir isso. Dia de ganhar uma lembrancinha ou um presentão, tanto faz.
Dia de ver as pessoas apaixonadas, tudo bem se você que está lendo esse post agora está solteira, mas duvido que algum dia seu coraçãozinho não bateu mais forte por alguém... se não bateu, não imaginas o que estás perdendo...
Dia de fazer surpresas: ensaiar um streap tease, fazer uma massagem relaxante ou sensual... declamar um poema, cantar uma canção, escrever um cartão... usar a criatividade! Pagar um mico!
Dia de fazer um jantar acolhedor e romântico ou um doce delicioso. Dia de olhar nos olhos e retomar o que às vezes fica perdido no tempo... de dizer aquilo que fica nas entrelinhas.
Dia de chamar para dançar, para ver um filme em casa ou no cinema. Dia de vestir uma roupa nova e voltar à fase da conquista.
Dia de usar um perfume provocante e um batom vermelho para seduzir. Dia dos meninos arrasarem na cueca e na sua fantasia sexual também.
Dia de banho de banheira, de motel, de suíte de hotel... dia de fazer amor. Noite de edredon!
Dia de sutilezas que dizem tudo...

Viu, ninguém falou em comprar, só falamos em formas de demonstrar o amor, num dia onde somos convidados a estarmos apaixonados.

Feliz Dia dos Namorados!

sexta-feira, 1 de junho de 2012

O meu buquê!

A escolha do buquê da noiva é um dos momentos que requer maior atenção. Muitos confundem este buquê, pensando que ele deve combinar com os demais arranjos de mesas ou ainda que as flores devem ser as mesmas.
O ideal é que isso não ocorra, a noiva é a protagonista do evento e não faz parte da decoração.
É necessário considerar o mês que a noiva irá casar para se utilizar as flores certas, principalmente no calor, para que não murchem muito rapidamente. Além disso, o buquê deve ser proporcional à noiva, caso contrário ele se sobressairá e até mesmo o vestido que é o tão esperado astro da noite ficará em segundo plano. Considerar possíveis alergias também é importante para que a noiva não tenha um ataque de espirros na porta de sua cerimônia.
Mas afinal, qual a finalidade do buquê? Bouquet é uma palavra de origem francesa
A tradição do buquê de noiva está ligada a simbologia da vida, já que as flores são os órgãos reprodutores das plantas, portanto está ligada a fertilidade. Acredita-se que o buquê teria surgido na Grécia como uma espécie de amuleto contra o mau-olhado e, o buquê era feito com uma mistura de alho, ervas e grãos. Esperava-se que o alho afastasse maus espíritos e as ervas ou grãos garantiam uma união frutífera.

Na Idade Média era comum a noiva fazer o trajeto a pé para a igreja e no caminho recebia flores ou ervas e temperos para trazer felicidade e boa sorte. Ao fim do trajeto ela tinha já formado um buquê e cada um destes presentes tinha um significado referente, assim os antigos romanos costumavam atirar flores no trajeto da noiva, pois acreditavam que as pétalas fariam a noiva ter sorte e dar carinho ao marido.
Na Europa, durante a Idade Média, os arranjos começaram a tornar-se mais sofisticados, devido à chegada de flores exóticas.
Na época Vitoriana, era impróprio declarar abertamente seus sentimentos, criou-se então a “Linguagem das Flores” para demonstrar suas intenções sem falar uma palavra sequer. Os buquês passaram a ser escolhidos por causa do significado das flores.
Na antiga Polônia, acreditava-se que, colocando açúcar no buquê da noiva, seu temperamento se manteria "doce" ao longo do casamento.
Antigamente havia o hábito de guardar o buquê sob uma redoma de vidro, exposto sobre algum móvel na sala ou na cômoda do quarto.
Hoje há idéias atuais como colocar em uma moldura envidraçada o buquê (isso para as noivas mais românticas). Tirar foto do buquê é uma boa idéia para lembrá-lo em sua forma original. 
Pode tudo, só não é indicado que este buquê seja o "atirado" para as solteiras da festa. A sugestão é compor algo mais simples.
Os clássicos...

Opções em branco:


 As tradicionais rosas vemelhas: