Sobre a Camila Quintana - Assessoria de Eventos

A Cerimonialista Camila Quintana é graduada em Comunicação Social - Bacharelado em Relações Públicas pela Unisinos. Concluiu o curso com Distinção com a abordagem do tema "Crise de Imagem de Pessoa Pública" baseado no case de Ibsen Pinheiro, buscando a problemática de soluções de crises e restabelecimento de imagem no mercado. Entre 2008 e 2010 trabalhou na área de Atendimento ao Cliente na empresa Claro assessorando em casos críticos para reversão de imagem da empresa. Posteriormente atuou na Central de Eventos na tradicional Associação Leopoldina Juvenil de Porto Alegre e no Clube do Comércio,junto à Barcelos Gastronomia, tendo ainda passagem como Coordenadora de Eventos no SESC Campestre. Após adquirir amplo conhecimento no âmbito de eventos e atendimento, sentiu necessidade de atender seu cliente de forma personalizada e da forma que acredita ser um evento: "Fazer evento é aproximar pessoas, compartilhar momentos... é encantá-las e fazê-las felizes!" Sejam Bem-Vindos a este mundo de sonhos!

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Curiosidades...

Você, noiva, sabe o motivos destas tradições:

Vestido de noiva:
A noiva veste-se de branco porque assim o faziam os romanos nos dias sagrados. Branco representa pureza virgindade e inocência. Já num mundo não tão ortodoxo, pode-se dizer que o branco mantém a pureza do afeto e a inocência encontrada no sentimento que une um casal.
Buquê:
O buquê teria surgido na Grécia como amuleto contra o mau-olhado, na sua confecção, era utilizado alho. Confeccione dois buquês: o primeiro, abençoado pelo sacerdote deverá ser guardado. O segundo, será lançado em direção às mulheres solteiras. Aquela que conseguir pegá-lo, terá a sorte de ser a próxima a casar. A noiva atira o buquê para repartir com os convidados sua felicidade.

Grinalda:
A grinalda faz com que a noiva  pareça uma rainha, diferenciando-a dos convidados. Quanto maior a grinalda, maior é o símbolo de status e riqueza. A grinalda se sobressaindo à calda do vestido, demonstra uma noiva bastante tradicional e oponente.

Véu:
Hijab (véu), quer dizer, em árabe, "o que separa duas coisas".
O véu da noiva significa separar-se da vida de solteira, para entrar em uma nova vida; a de esposa. Tradicionalmente, a noiva usa um véu que cobre seu rosto porque antigamente o costume era ocultar ao noivo a vista de sua futura esposa até a hora do casamento e também porque significava submissão ao marido. Hoje, mesmo simbólicamente, o véu divide dois momentos da vida da noiva, além de ser bem tradicional e manter um ar de mistério e delicadeza.

Arroz:
Jogar arroz nos noivos é uma tradição chinesa usada há dois mil anos. Esta atitude simboliza a fartura para a vida do casal e fertilidade.
Atualmente se jogam também pétalas de rosa, que reapresentam um futuro doce e pleno
.