Sobre a Camila Quintana - Assessoria de Eventos

A Cerimonialista Camila Quintana é graduada em Comunicação Social - Bacharelado em Relações Públicas pela Unisinos. Concluiu o curso com Distinção com a abordagem do tema "Crise de Imagem de Pessoa Pública" baseado no case de Ibsen Pinheiro. Entre 2008 e 2010 trabalhou na área de Atendimento ao Cliente na empresa Claro. Posteriormente atuou na Central de Eventos na tradicional Associação Leopoldina Juvenil de Porto Alegre e no Clube do Comércio,junto à Barcelos Gastronomia, tendo ainda passagem como Coordenadora de Eventos no SESC Campestre. Após adquirir amplo conhecimento no âmbito de eventos, sentiu necessidade de atender seu cliente de forma personalizada e da forma que acredita ser um evento: "Fazer evento é aproximar pessoas, compartilhar momentos... é encantá-las e fazê-las felizes!" Desta forma, nasceu a Camila Quintana - Assessoria de Eventos que hoje conta com uma equipe permanente de 9 profissionais capacitados em eventos o que nos permite manter sempre o mesmo padrão de qualidade e exigência. Sejam Bem-Vindos a este mundo de sonhos!

terça-feira, 27 de março de 2012

Organizar um evento


Caros amigos, hoje meu post sai em defesa dos profissionais de Assessoria de Eventos, Cerimonialistas e Relações Públicas (PRINCIPALMENTE).
Organizar evento não é para qualquer um!
Não é para "mães entendidas", "madrinhas decoradoras", "vós com experiências", "amigas conhecedoras do assunto", "vizinhas que já fizeram inúmeras festinhas".
Organizar evento é coisa de profissional! Sim, podem brigar, me xingar, mas evento realizado com planejamento e técnica, somente profissionais especializados sabem fazer. O resto, bom, é o resto.

Para quem não sabe, planejamento e organização de eventos é disciplina estudada em curso. Curso que tem ainda como disciplinas: negociação, história da arte, cerimonial e protocolo, estatística, pesquisa, fotografia, metodologia, princípios de administração, logística... ufa! E muito mais. Afinal, para se tornar um Bacharel em Relações Públicas, "RRPP" ou os famosos "RP" é necessário (SIMMM) 4 anos de dedicação em um curso de graduação.
Me desculpem as fórmulas caseiras, mas  para mim, conhecimento técnico, prático e experiência são fundamentais. Profissionais de Eventos SABEM, não acham. Tem a diplomacia necessária para tratar os diversos públicos e ajustar-se a eles, mesmo em momentos de crises. Trabalham com imprevistos como se tudo estivesse no planejamento (óbvio, imprevistos acontecem, mas ninguém deve saber...).

Infelizmente, vivemos em um país que a profissão não é reconhecida como deveria... pois para trabalhar nesta área - Eventos - há necessidade de formação. Há um Conselho Regional que regula isso e que multa os "profissionais" sem o registro legal, ou seja, que trabalham indevidamente.
É mais ou menos como você contratar um advogado sem esse ter passado na OAB.
Disso tudo, ficam sempre duas observações: se alguém que não é do ramo se oferecer para fazer seu evento, muito provavelmente, em algum momento vai haver um "furo". Anfitriões não devem se envolver na organização da festa, devem divertir-se, somente.
E quando for escolhido um "profissional" dito de eventos, averiguar sua formação. Não desmereço os colegas sem diploma, não é essa a questão, só que... "ado, ado... cada um no seu quadrado".