Sobre a Camila Quintana - Assessoria de Eventos

A Cerimonialista Camila Quintana é graduada em Comunicação Social - Bacharelado em Relações Públicas pela Unisinos. Concluiu o curso com Distinção com a abordagem do tema "Crise de Imagem de Pessoa Pública" baseado no case de Ibsen Pinheiro, buscando a problemática de soluções de crises e restabelecimento de imagem no mercado. Entre 2008 e 2010 trabalhou na área de Atendimento ao Cliente na empresa Claro assessorando em casos críticos para reversão de imagem da empresa. Posteriormente atuou na Central de Eventos na tradicional Associação Leopoldina Juvenil de Porto Alegre e no Clube do Comércio,junto à Barcelos Gastronomia, tendo ainda passagem como Coordenadora de Eventos no SESC Campestre. Após adquirir amplo conhecimento no âmbito de eventos e atendimento, sentiu necessidade de atender seu cliente de forma personalizada e da forma que acredita ser um evento: "Fazer evento é aproximar pessoas, compartilhar momentos... é encantá-las e fazê-las felizes!" Sejam Bem-Vindos a este mundo de sonhos!

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Invista no seu evento: Contrate um Cerimonialista

Ok, vou jogar à meu favor, mas preciso postar.

Organizar eventos não é o mesmo que FAZER eventos.
A diferença não está só no verbo. Está no resultado do evento.

Organizar um evento requer sim técnicas, que saibam os "entendidos" de plantão. Requer conhecimento de planejamento, de metodologia, de gastronomia, noções de decoração e flores, base de fornecedores confiáveis, truques de iluminação, contabilização de consumos em geral, elaboração de um roteiro correto sem matar os convidados de fome ou sono, etc, etc...etc.

Já, fazer evento. Sua tia, sua prima, sua sogra fazem.Todos os domingos fazem um almoço. Fazem um evento. Aliás para quem não sabe, "Eventos" são uma ferramenta da atividade de Relações Públicas que visa unir um ou mais públicos para um dado objetivo, seja divulgação, confraternização ou venda.
E por ser uma ferramenta com tais finalidades, há todo um planejamento anterior, alinhado com todas as necessidades para o seu sucesso.

Quem organiza um evento sabe que se trata sim de uma venda: vender a atenção dos anfitriões para com seus convidados, vender a alegria e a organização do momento.

Quem faz evento, simplesmente faz. Nem sua finalidade sabe. Só sabe que vai fazer. Contrata um fornecedor de som X, de decoração X+1 e assim vai... chega no dia, tem uma fórmula indecifrável.
O fornecedor X vai para a esquerda e os demais todos para a direita e o anfitrião que economizou dinheiro vendeu a pior imagem que um evento pode vender: a desorganização.

Contrate um Cerimonial. Contrate pessoas capacitadas.

Hoje em dia, o mercado trabalha com uma média de custos. Suspeite sim de quem cobrar uma mixaria para servir filé mignon empratado. Você vai comer outra parte da vaca. Sem direito a chorar... isso se a vaca comparecer ao evento...

Deposite num organizador o seu investimento. Acredite, você não conseguirá aproveitar e administrar a festa ao mesmo tempo.

Quando você tem um problema de alergia, você vai num alergista. O ortopedista não solucionará o seu problema. Então porque você meu possível cliente não procura alguém que entenda de eventos?

A verdade é que hoje em dia o barato sai caro sim neste mercado. Não é pagando por margaridas que você terá rosas. Ponto.

Não gosto de falar à favor da minha classe, acho muito egocêntrico. Mas hoje precisei. Tenho visto muita gente chegar para mim dias antes de suas festas me dizendo que tem tudo contratado e por ter tudo contratado, tem coisas que nem precisava e coisas essenciais que acabaram faltando verba.

Invista, invista. Você não vai gastar menos que um carro popular no seu evento, então não o jogue pela janela.

#prontofalei