Sobre a Camila Quintana - Assessoria de Eventos

A Cerimonialista Camila Quintana é graduada em Comunicação Social - Bacharelado em Relações Públicas pela Unisinos. Concluiu o curso com Distinção com a abordagem do tema "Crise de Imagem de Pessoa Pública" baseado no case de Ibsen Pinheiro, buscando a problemática de soluções de crises e restabelecimento de imagem no mercado. Entre 2008 e 2010 trabalhou na área de Atendimento ao Cliente na empresa Claro assessorando em casos críticos para reversão de imagem da empresa. Posteriormente atuou na Central de Eventos na tradicional Associação Leopoldina Juvenil de Porto Alegre e no Clube do Comércio,junto à Barcelos Gastronomia, tendo ainda passagem como Coordenadora de Eventos no SESC Campestre. Após adquirir amplo conhecimento no âmbito de eventos e atendimento, sentiu necessidade de atender seu cliente de forma personalizada e da forma que acredita ser um evento: "Fazer evento é aproximar pessoas, compartilhar momentos... é encantá-las e fazê-las felizes!" Sejam Bem-Vindos a este mundo de sonhos!

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Sobre trabalhar com Eventos

Penso que neste momento é importante constar esta nota "sobre trabalhar com eventos".

O próprio conceito de evento já se refere a um episódio ocasional, parafraseando, eventual, ou seja que não se repete e nem ocorre com assiduidade. Pode até haver eventos programados semanalmente, mas não ocorrerá com as mesmas pessoas e de forma idêntica um ao outro.

Trabalhar com evento social nos mostra ainda mais sobre isso. Um casamento, 15 anos, formatura entre outros, requerem toda a atenção, uma vez que se trata de um evento único. 
Para o profissional de Eventos também precisa ser um evento único, caso contrário a melhor saída para este profissional é buscar outra atividade. 
Quem não entende que um evento é planejado e organizado especialmente para um determinado cliente não está adequado a este mercado.

Para fazer eventos é necessário técnica, desenvoltura, abnegação, paciência e muita, mas muita vontade de deixar o cliente feliz! Trabalhar de freelancer na área de eventos não é fazer um bico ocasional. Não é isto que se busca. A busca é por profissionais que mesmo sem experiência tenham ambição.
Quando falo em ambição não é no sentido de concorrência, mas sim, no sentido de crescimento, desenvolvimento profissional. Pode até ser que amanhã você não trabalhe mais com eventos, mas terá aprendido como solucionar uma crise, como se posicionar diante de conflitos, terá feito uma rede de relacionamentos, conhecerá mais sobre Gastronomia, música, etiqueta... etc, etc, etc.
Mas se isso não for de seu interesse, você estará na área errada e  ninguém quer perder tempo, certo?